EspanhaEuropaMadriRoteiros

Roteiro de viagem na Espanha: Madri em 1 dia

A capital da Espanha é uma cidade tranquila, cativante e repleta de atrações turísticas. Visitá-la em apenas um dia não é muito fácil, por isso elaboramos um roteiro para que você aproveite bem o tempo e conheça o maior número de atrações possível. Se tiver um dia a mais dê uma olhada no roteiro MADRI EM 2 DIAS. Então vamos lá.

A estação de metrô SOL, bem no centro de Madri

PUERTA DEL SOL: Comece o passeio desembarcando na estação de metrô SOL (linhas 1 – azul claro, 2 – vermelha ou 3 – amarela). Este é o centro de Madri, que já foi palco de importantes acontecimentos históricos e hoje é um dos lugares mais concorridos e frequentados da cidade. Há muitas lojas, restaurantes e bares, mas não deixe de ver os pontos mais marcantes da praça:

O Urso e o Medronheiro: É o símbolo da cidade e representa os brasões e escudos de Madri.

Prédio da Prefeitura: Prédio alaranjado bem no centro da praça e com um relógio na torre. É em frente a este prédio que a população comemora as datas mais importantes, inclusive o Réveillon. Outro detalhe é uma placa no chão em frente à prefeitura que indica o Quilômetro Zero para todas as estradas do país, ou seja, é dali que todas as distâncias são medidas. Provavelmente muitas pessoas estão abaixadas ali para tirar fotos junto a ela!

Estátua de Carlos III: Antigo Rei da Espanha, conhecido como “O Grande Prefeito de Madri”, pois foi responsável por grande parte da urbanização da cidade.

Siga pela Calle Mayor até chegar à PLAZA MAYOR. O quadrado é formado por prédios repletos de pinturas que fazem da praça uma das mais belas da Europa. A estátua ao centro homenageia o Rei Felipe II, idealizador do local. Como é uma área fechada ao trânsito, prepare-se para ver muitos artistas de rua, músicos e artesãos.

Uma curiosidade: Nos tempos antigos, muitos atos públicos aconteciam ali, como corridas de touros, procissões, representações teatrais e até mesmo julgamentos na época da Inquisição. Hoje em dia, alguns apartamentos funcionam como salas do Governo e outros são ocupados por moradores locais.

Mercado de San Miguel

MERCADO DE SAN MIGUEL: Bem ao lado da Plaza Mayor está o mercado mais popular da cidade, um ponto de encontro descontraído e onde você vai provar várias iguarias típicas. É o único mercado de ferro da Europa que sobreviveu até os dias atuais. Aliás, mesmo antes de entrar, a beleza do exterior impressiona.

Ainda assim, o mais interessante aqui é andar por entre as bancas e experimentar várias coisas diferentes, então, sinta-se à vontade!

Siga mais um pouco pela Calle Mayor e visite a CATEDRAL DE LA ALMUDENA: Não importa quantas igrejas você já tenha visitado, entrar nesta bela catedral é obrigatório. Localizada em uma região rodeada por jardins e bem ao lado do Palácio Real, o interior é belíssimo, assim como a vista que se tem do alto da cúpula. Incomparável.

O Palácio Real e os Jardins de Sabatine

Caminhe pela Calle de Bailén. À esquerda bem ao lado da catedral está o PALÁCIO REAL. Apesar de ser a residência oficial do Rei da Espanha, a família real não costuma morar ali por muito tempo. Hoje em dia o palácio é mais usado para celebração de atos oficiais e é aberto à visitação turística.

Ele é considerado o maior palácio real da Europa em área construída, pois o Palácio de Versalhes só é maior se os jardins forem incluídos. Como em todo palácio que se preza, aqui também acontece a Troca da Guarda, na primeira quarta-feira de cada mês, ao meio dia. Dois belos jardins rodeiam o palácio:

Detalhes da Plaza de Oriente

PLAZA DE ORIENTE: Uma área verde não muito grande, mas cheia de charme bem em frente ao palácio. É aqui que fica o Teatro Real, conhecido simplesmente por El Real, uma das casas de espetáculos mais importantes da Espanha e da Europa. Inicialmente o teatro era usado para realizar apresentações para a família real, mas hoje é aberto ao público.

JARDINS DE SABATINE: Bem ao lado e repleto de fontes e estátuas, é o lugar perfeito para um passeio relaxante e agradável. Está quase 20 metros abaixo do nível da rua, e pode ser acessado por uma bela escadaria.

CAMPO DEL MORO: Saia dos Jardins de Sabatine e contorne as grades do palácio para a esquerda até chegar à entrada deste magnífico jardim. Bem maior do que o anterior, além das fontes, estátuas e construções históricas, abriga mais de 70 espécies de árvores e rica fauna.

PLAZA DE ESPAÑA: Terminada a visita aos jardins, caminhe de volta até a Calle de Bailén e chegue à Plaza de España, um local de lazer com feirinha de produtos locais, lembrancinhas e muito mais. Porém, o ponto alto é o Monumento a Cervantes, uma estátua dos personagens icônicos da literatura espanhola, Dom Quixote e Sancho Pança, no centro de uma bonita fonte.

Museu del Prado

Você terá que ver tudo muito rápido se quiser conhecer outros lugares importantes de Madri. Por isso, na praça, pegue o metrô e desembarque na estação ATOCHA (linha 1 – azul claro). Caminhe até PASEO DEL PRADO, uma bela avenida rodeada de árvores e onde você vai encontrar diversas atrações interessantes.

FUNDAÇÃO CAIXA FORUM: Importante centro de arte e cultura com mais de 2 mil metros quadrados dedicados a exposições. Ela está bem no começo da avenida à esquerda, é um prédio ícone de Madri e tem um jardim vertical maravilhoso.

REAL JARDIM BOTÂNICO: Tem sete espaços ao ar livre com mostras de vegetação do mundo todo, cerca de 90 mil plantas e flores diferentes e 1,5 mil árvores, cinco estufas com espécies exóticas, além de coleções de plantas ornamentais, medicinais, aromáticas e pomares. Passeio imperdível.

Plaza de Murillo

PLAZA DE MURILLO: Saia do jardim Botânico pela Puerta Murilo e chegue ao Museu Del Prado.

MUSEU DEL PRADO: Caminhe contornando o belo prédio e vá até a entrada principal do lado oposto. Bem em frente está a estátua de Goya. É um dos museus mais sensacionais que já visitamos, repleto de obras de Goya, Velázquez, El Grego e muito mais. São milhares de quadros famosos em exposição, mas como este roteiro é de apenas um dia, provavelmente você terá que conhecê-lo numa outra oportunidade. Ou no máximo entrar apenas para uma olhadinha básica.

Na parte de trás do museu está a Igreja San Jeronimo El Real, que já foi um dos conventos mais importantes de Madri. Além da beleza interior, lá do alto tem-se uma bela vista do Museu e da região ao redor.

Fuente de Neptuno

Agora desça a Calle de Felipe IV e chegue à Plaza e Fuente de Neptuno. Seguindo pela Paseo del Prado, contorne a Plaza de La Lealtad até chegar novamente à Paseo del Prado, e no percurso observe o Monumento a lós Caídos por España e o prédio da Bolsa de Madri.

Continue a caminhada até chegar à mais bela de todas as fontes da cidade na nossa opinião, a Fuente de Cibeles, só repare que à esquerda também há a Fuente de Apollo.

Fuente de Cibeles

PLAZA E FUENTE DE CIBELES: Construída com mais de 10 toneladas de pedras, é um dos monumentos mais visitados da cidade. A escultura ao centro é da Deusa Cibeles, considerada a mãe dos deuses e símbolo da terra, da agricultura e da fertilidade, em cima de uma carruagem puxada por leões.

Ao redor desta praça existem vários prédios importantes que merecem atenção, como o Banco de España, o Palacio Linares e o Palacio de Las Comunicaciones, um centro de arte e exibições e sem dúvida o edifício mais emblemático do local.

Bem próximo dali, seguindo pela Calle de Alcalá, está a PUERTA DE ALCALÁ. O majestoso portal de cinco arcos era a antiga porta de entrada quando a cidade era cercada por muralhas. Hoje dá as boas-vindas aos turistas que se encantam com seu tamanho e beleza.

Parque de El Retiro

PARQUE DE EL RETIRO: Entre agora no Parque de El Retiro bem ao lado do portal. Esta é a área verde mais importante da cidade, onde os moradores caminham, praticam esportes ou simplesmente relaxam. Foi construído para lazer do Rei da Espanha e é realmente muito bonito.

Palácio Velásquez no Parque de El Retiro

Tem muita coisa legal para ver lá dentro, mas tudo vai depender do tempo que você ainda tiver. Se entrar, preste bem atenção no Palácio de Cristal (antigamente era o viveiro do Rei e hoje é usado em cerimônias de casamentos), Palácio Velásquez, Estanque do Retiro (lago rodeado de estátuas onde você pode andar de canoa), Estátua do Anjo Caído, Bosque del Recuerdo (em formato de caracol e plantado em homenagem às vítimas do atentado de 2004 na Estação Atocha), e a parte mais bonita do parque na nossa opinião, o Parterre (um jardim com árvores arredondadas e formatos incríveis).

Puente de San Martin em Toledo

É isso. Lembre-se, se tiver um dia a mais, leia nosso roteiro MADRI EM 2 DIASSe tiver bastante tempo, recomendamos o tour por Toledo. Imperdível. Boa viagem.

 

Veja Mais:

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Vídeos ao vivo direto da Espanha você vê aqui.

Estamos no Instagram. É só seguir a gente aqui.

Não deixe de curtir a nossa página do Facebook.

Ficou com alguma dúvida ou quer sugerir algum tema, entre em contato com a gente.

 

Autor: Fábio Trindade e Tiago Stachetti

Fábio Trindade

Jornalista e viajante profissional @fatrindade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *