ChamadasEuropaLucernaRoteirosSuíça

Roteiro de viagem na Suíça: Lucerna em 1 dia

Fazer turismo na Suíça pode ser uma tarefa bastante simples… ou extremamente complicada. O motivo? O país é um dos mais belos que já visitamos e certamente uma ótima escolha para quem prefere viajar para apenas um país da Europa em vez de pipocar por capitais (o que também é válido, claro). Cada cidade tem seus encantos muito particulares e cenários arrebatadores. Talvez os mais grandiosos que já tivemos o prazer de apreciar. Basicamente: é impossível dizer “não gostei deste lugar”. Então a tarefa de escolher para onde ir é fácil, mas fica difícil decidir qual cidade vai ficar de fora!!!!

Para ajudar você, aqui vai uma dica: não deixe de visitar Lucerna, que seja na passagem entre uma cidade e outra! Este lugar encantador fica a uma curta distância a partir de vários locais da Suíça, o que torna este quase vilarejo perfeito para um bate-volta. Independentemente de onde você estiver, vá para Lucerna de trem, a paisagem é imperdível. Se for de carro fique atento às áreas permitidas para o trânsito, e se for de barco você desembarca próximo à bela estação central de trens!

Qualquer época do ano é perfeita para ir à Lucerna, mas uma das nossas visitas teve um toque especial. Chegamos lá no Carnaval e fomos recepcionados por uma bela e animada festa. Os costumes são bem diferentes do Brasil, mas não menos empolgantes. Lá não existe desfile de blocos com hora marcada, pelo contrário, o carnaval é comemorado o tempo todo por todos os cantos da cidade. Grupos de pessoas e famílias inteiras se vestem de forma igual e saem pelas ruas. Bandas se apresentam nas praças e contagiam todo mundo. É impossível não parar para dar uma olhadinha…e claro, começar a cantar e dançar! Foi uma experiência incrível!

A localização da cidade é perfeita, pois ela se desenvolveu ao redor do Lago Lucerna e é rodeada por montanhas. Sem exageros, o cenário é cinematográfico, imagine as montanhas refletidas nas águas cristalinas do lago! Logo ao sair da estação você vai entender sobre o que estamos falando, pois vai dar de cara com o principal cartão postal do local e por onde seu passeio começa.

KAPELLBRÜCKE (Ponte da Capela): Considerada uma das pontes de madeira cobertas mais antigas da Europa, é a peça central da paisagem de Lucerna. Bem ao lado está a Wasserturm (Torre de Água), uma estrutura de pedra que já foi usada como torre de observação, arquivo municipal e até prisão. Curiosamente nunca serviu como caixa d’água! Tire muitas fotos, de todos os ângulos. Depois siga para a ponte a atravesse-a. As pinturas ao longo da ponte retratam a história da cidade e do país. Chegando do outro lado vire à direita e caminhe contornando o lago. Aproveite para curtir a beleza do local até chegar à Catedral de Lucerna, que com certeza você já deve ter avistado.

HOFKIRCHE ST. LEODEGAR: Com duas torres bem pontudas, é a igreja que mais se destaca no cenário da cidade. Visite o interior. Siga então à direita na rua St Leodegarstrasse e pela Weystrasse. Este prédio arredondado do seu lado esquerdo é o museu Panorama Luzern. Vale uma rápida visita, e aproveite para tomar um gostoso café.

Saia do Panorama pela rua Denkmalstrasse. Bem perto dali está uma das atrações mais belas e emocionantes da cidade.

LÖWENDENKMAL (Monumento do Leão Ferido): Com certeza você vai ler este comentário sempre que buscar informações sobre o Leão Ferido, mas nós aqui também gostaríamos de registrar que o escritor Mark Twain descreveu o monumento como “a escultura de pedra mais triste e comovente do mundo”.

Vale outro registro: “nós concordamos com ele”. A enorme escultura feita direto em uma montanha de pedra é realmente impressionante. Foi esculpida em homenagem a centenas de soldados suíços que morreram durante a revolução francesa. Observe a imagem do leão refletida nas águas do lago. A paisagem é de tirar o fôlego!

Retorne pelo mesmo caminho. Quando chegar ao Panorama vire à direita e siga até uma avenida larga, a Zürichstrasse. Siga para a esquerda até a Museggstrasse e suba esta rua sempre olhando à sua direita até ver uma escadaria. Suba e caminhe até chegar às Muralhas de Lucerna.

MUSEGGMAUER: A muralha medieval que servia para proteger a cidade é uma das mais bem conservadas do mundo, mas das torres existentes ali, apenas algumas são abertas ao público para visitação. A mais famosa de todas é a Zytturm (Torre do Relógio).  Então aproveite, caminhe por toda a região, visite as torres e desfrute das mais belas vistas panorâmicas da cidade e do lago.

Weinmarkt, a Praça do Vinho

Saia das muralhas e encontre a rua Museggstrasse. Vire à direita e explore o Centro Histórico da cidade, recheado de residências antigas que exibem belas pinturas e brasões das famílias, preservando a memória antiga.

Apesar de encantador, o Centro Histórico não é muito grande, por isso o legal mesmo é caminhar sem rumo pelas ruas e descobrir que cada esquina reserva uma surpresa.

Entretanto, não deixe de visitar alguns pontos de maior interesse, como a Weinmarkt (Praça do Vinho) e a Kornmarkt (Praça do Milho) onde está a Altes Rathaus (Prefeitura).

Siga em direção às margens do Rio Reuss. Como você notou, Lucerna é uma cidade repleta de pontes. Você já conheceu a mais famosa de todas, a Ponte da Capela, mas esxiste uma outra ponte de madeira que merece uma visita.

A ponte de palha de Lucerna

SPREUERBRÜCKE (Ponte de Palha): Fácil de identificar, pois perto dela está a barragem da cidade, usada para controlar a vazão do rio e manter o nível do lago. Cruze a ponte e admire as diversas pinturas expostas ao longo do caminho. Depois retorne e siga para a ponte anterior, a Reussbrücke. Cruze-a e chegue a uma das igreja mais bonitas da Suíça.

JESUITENKIRCHE (Igreja Jesuíta de Lucerna) : Nós sentimos um arrepio logo ao entrar nesta igreja. Talvez o mesmo aconteça com você. O interior todinho branco contrasta com o rosa marcante. A sensação de paz e de ter realmente entrado no paraíso é inexplicável. E se você estiver em um dia de sorte talvez tenha um coral se apresentando lá!

Bem atrás da Igreja Jesuíta está a Franziskanerkirche (Igreja dos Franciscanos), que apesar de bem menor e menos visitada, talvez até por estar mais escondidinha, surpreende pelo belo conjunto de pinturas guardado lá. Vale a visita!

Você deve ter notado que está bem perto da estação de trens. Para terminar este roteiro vamos deixar duas sugestões.

Centro de Convenções e Cultura de Lucerna

A primeira, caso seu tempo seja realmente curto, é uma visita a este belo prédio bem ao lado – e extremamente moderno -, o KKL.

KKL (Centro de Convenções e Cultura de Lucerna) : Neste local acontecem festivais internacionais de música, concertos, convenções, além de abrigar um museu. Mesmo que você não entre, a beleza do exterior rende belas fotos!

Mas tudo depende de quanto tempo você ainda tem. Se for possível, nossa sugestão é um passeio de barco pelo Lago Lucerna. Existem várias opções saindo dali mesmo. Escolha o ideal para terminar seu passeio pela encantadora Lucerna!

 

Veja mais:

Sabia que o Topo da Europa fica na Suíça? Conheça Interlaken.

Confira os nossos roteiros por Zurique e também os roteiros por Berna.

Temos também outros roteiros pela Suíça aqui.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Não deixe de curtir a nossa página do Facebook.

Ficou com alguma dúvida ou quer sugerir algum tema, entre em contato com a gente.

 

Autores: Fábio Trindade e Tiago Stachetti

Fábio Trindade

Jornalista e viajante profissional @fatrindade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *